Tratar a doença ou o doente?
doença remédios saude tratamento


"Não pergunte que doença a pessoa tem, mas que pessoa a doença tem." William Osler
Esta frase traduz exatamente a diferença entre a abordagem da medicina tradicional e a holoterapia.

A alopatia tem seu foco na doença, baseada num paradigma em que o "defeito" deve ser consertado. Por mais que esta abordagem tenha seus méritos e boas intenções, ela reduz muito o fato que ocorre. Por exemplo: existem muitas manifestações físicas que a medicina não consegue enquadrar em nenhuma patologia. Essa situação traz consequências sérias para o paciente, leva-o a exaustivas idas e vindas em diferentes profissionais que não conseguem dar uma solução efetiva que resolva seus problemas.

Do ponto de vista da holoterapia o corpo não é só uma máquina, o ser humano não é somente o corpo físico. Saúde não é somente a ausência da doença. O ser humano é único e individual, portanto as doenças nunca serão iguais para todos.

A doença traduz um desequilíbrio que para ser curado é preciso analisar a causa como um todo, tratar o indivíduo como ser composto de corpo, mente e alma. A verdadeira cura acontece quando se compreende os reais motivos do porque está passando por certa situação, entender que o desequilíbrio não é somente um fator físico, mas que também devemos considerar toda desordem emocional envolvida na causa.

Rafael Lourenço
Mestre professor Reiki e terapeuta de Barras de Access

Tratar a doença ou o doente? Tratar a doença ou o doente? Reviewed by ACP Criação on agosto 09, 2018 Rating: 5

0 COMENTÁRIOS

Postar um comentário

 

Conheça nossas redes sociais